“Lucas Bariani, 26 anos, designer como muitos outros infelizes no mundo (risos). Coleciono tênis desde que me conheço de gente, meu pai coleciona tênis também, mas estou mais envolvido e gastando com isso há uns 5 ou 6 anos.”

Lucas, qual a sua relação com tênis no geral?

Diferente de muita gente que coleciona, gosto mais da estética da parada do que da história. Tem muito tênis hype e grail por aí que olho e acho feio pra caralho. Como designer, sou apaixonado pelas formas e linhas. Gosto muito da silhueta dos tênis da Puma e é um tênis que a galera não pira muito, tá ligado? Então o que mais me atrai é a forma e o design do que todo o resto.

Você se lembra de quando você comprou um tênis como colecionador?

O primeiro que comprei como tênis de coleção foi um Adidas. Jogo basquete desde a época de colégio e tive um modelo que era todo de vinil, as três listras da marca não ficavam na diagonal como na maioria dos tênis, elas acompanhavam ele inteiro. Comprei esse tênis pra jogar, mas aí olhei bem e não tive coragem de usar (risos). Era muito diferente, brilhava pra caralho, tinha uma pecinha de metal no calcanhar, era muito foda. Foi o primeiro tênis que comprei pra jogar basquete, usei 2 ou 3 vezes e depois deixei ele lá no quarto, exposto.

Você tem esse Adidas ainda?
Puts, não tenho mais ele porque foi roubado, inclusive. Sou de Guarulhos, moro bem perto da periferia –  tava no ponto de ônibus quando dois caras passaram por mim falando “passa o tênis aí moleque!”.

Vivemos num mundo que nós achamos que só os tênis que vemos por aí, que a galera gosta é que são de coleção. Mas tem um mundo underground de uma galera que tem uma renda mais baixa, que colecionam Nike Shox, Mizuno de mil reais e são tão colecionadores como qualquer outro. O cara tem de 10 a 100 pares diferentes de Mizuno.

Mas e esse Vans, você tem alguma história específica com ele?

Em 2012 eu estava em um campeonato de Bowl lá em Florianópolis, na casa do Pedro Barros– ele tem um Bowl no fundo do quintal, já faz uns 2 ou 3 anos que o campeonato mundial acontece lá. Era uma época que eu morava na cidade, uns amigos foram comigo, e lá acabamos conhecendo o Christian Hosoi – que é um dos fundadores do skate como ele é hoje. A gente estava conversando sobre tênis porque eu tinha um Vans edição especial no pé e ele perguntou pra mim se tinha roubado aquele tênis, porque era um muito raro. Expliquei que era colecionador e ele falou que eu tinha que ter um High Top que nem o que ele tava usando. Falei que eu gostava mais dos Lows do que os Highs da Vans. Ele pegou esse Authentic numa van que tava do nosso lado com as coisas dele e me deu! Claro, pedi pra ele assinar a lateral da midsole.

Vans Authentic Blue Jeans
Dono: @lucasbariani
Ganhado: 2012
Tamanho: BR39/US8.5