“Meu nome é Bárbara, mais conhecida como Ferrugem. Tenho 22 anos e trampo na Vans.”

Ferrugem, qual a sua relação com tênis no geral?

Sempre gostei de tênis, sempre! Desde criança eu usava All Star de cano alto, acho até que esse é um dos motivos do Sk8-Hi ser meu modelo predileto. E mano, não consigo não usar tênis; vejo as meninas de sapatilha e penso “que coisa feia, imagina eu com isso”, porque não tem nada a ver comigo! Esses dias veio um cara do trabalho e me perguntou: Porque você não usar salto? Mulher não tem que usar tênis”. Me diz, porque ele não usa salto?

Você lembra de quando começou a gostar de sneakers?

Quando eu era Emo estava bem em alta usar tênis de cano alto ou slip on quadriculado; eu tinha um Nike que era todo colorido, bem feio mas gostava bastante dele. Acho que foi aí que comecei a usar mais tênis.

E qual a sua relação específica com esse Kyle Walker?

Vi no Instagram da Vans gringa, pirei no modelo e achei que nunca teria, porque imaginei que esse modelo nunca viria para o Brasil. Depois de uns dias a Vans do Brasil postou no Insta deles. Eu gasto pra caralho em tênis, não tenho dó nenhuma de gastar com isso, sempre dou um jeito, já deixei de pagar conta pra comprar um – fiquei com o celular bloqueado por uma semana.

Quando lançou aqui não consegui comprar porque só tinha no site da Vans e na Maze, esgotou muito rápido, só vieram 64 pares sendo que 4 eram tamanho 38, que é o meu número. Depois de um tempo vi que teve reposição no site da Vans e conseguir comprar.

Tenho um amigo que trabalha na Vans, sempre reclamava do meu emprego, estava sempre cansada e estressada porque não tinha nada a ver comigo. Deixei o meu CV com ele e depois de duas semanas me chamaram para fazer uma entrevista lá. Estudei a marca de cabo a rabo, peguei desde 1966 até 2016 e fiquei decorando cada detalhe. A entrevista era às 10h da manhã lá na Berrine, moro em Guarulhos, cheguei lá às 9h e fiquei 1h esperando na maior ansiedade. Eu estava com esse Kyle Walker.

Entrei na sala e tinham três minas para me entrevistar, já fiquei nervosa. Uma delas me perguntou se eu gostava da marca, se conhecia a história e eu: “moça, você não tá entendendo” coloquei o pé quase em cima da mesa e mostrei a minha tatuagem do Sk8-Hi, elas acharam muito animal! Uns dias depois ela me ligou falando que eu tinha passado! Esse é o meu tênis da sorte, agora eu só uso em ocasiões especiais, até agora foram duas vezes: na entrevista para vaga na Vans e pro ensaio de hoje.

Vans Kyle Walker Pro Zephyr
Dona: @_ferrugem
Comprado: 2017